top of page
WhatsApp Image 2022-10-25 at 15.16_edited.jpg

BLOCOS I EPS

O EPS é um dos materiais mais usados por diversas fábricas de pranchas do Brasil e do mundo!

Nossa produção é focada em blocos de EPS de alta densidade para pranchas de performance.

Tabela de Preços - EPS MICROCÉLULA

Densidade

Modelo

Tipo

Medidas

Valor Unitário

32 Kg/m³

6'4"

6'10"

Sem Longarina

Com Longarina

Sem Longarina

Com Longarina

6'4 x 21 x 3 3/16"
Full Concave 3/16"

R$ 240,00

R$ 270,00

6'10 x 24 x 3 3/8"
Full Concave 1/4"

R$ 270,00

R$ 310,00

Distribuidores Oficiais

RS, SC e PR

FiberGlass Floripa
>> Luciano Dantas
+55 48 3246-0538
Florianópolis - SC
fglassfloripa@gmail.com

SP (CAPITAL e LITORAL)

Flucas Surfboards
>> Felipe Lucas
+55 11 97765-7978
São Sebastião - SP
felipelucasshaper@hotmail.com

RJ

Crivella Surfboards
>> Crivella
+55 21 98007-8151
Rio de Janeiro - RJ
eduardocriva@hotmail.com

ES

SurfGlass
>> Gustavo Lima Martins
+55 27 98121-1918
Guarapari - ES
cliffsurfboards@gmail.com

BA, SE e AL

Shapeit 
>> Gustavo Costa
+55 71 98854-7301
Lauro de Freitas - BA
shapeitba@hotmail.com

PE, PB e RN

SurfGlass
>> Gustavo Lima Martins
+55 27 98121-1918
Guarapari - ES
cliffsurfboards@gmail.com

CE

D'Cofibras Fiberglass
>> Alex Dourado
+55 85 98797-2700
Fortaleza - CE
alex@dcofibras.com.br

BLOCO CARBONO png.png

CARBONTEC

Desenvolvemos a Tecnologia CARBONTEC, blocos de EPS com longarinas de Fibra de Carbono com cortes especiais que aumentam a durabilidade de sua prancha dão mais projeção na entrada e no retorno das manobras!

Os blocos CARBONTEC utilizam longarinas de Fibra de Carbono que possuem muito mais força e aguentam uma flexão muito maior do que a madeira fazendo com que a prancha não quebre com facilidade e devolva muito mais impulsão e projeção nas manobras pelo fato de não perder sua flexibilidade com o decorrer do tempo. 

BLOCO  CARBONO METADE.png

Tecido de Fibra de Vidro

Fibra de Carbono

EPS de alta densidade

CARBONTEC

blocos CARBON OK.png

Fibra de Carbono

Corte Especial

Longarina

EPS de alta densidade

Design sem nome (6).png

ALTA PERFORMACE

ALTA RESISTÊNCIA

Design sem nome (7).png
Design sem nome (8).png

DURABILIDADE

CUSTO BENEFÍCIO

Mais projeção na entrada e retorno das manobras.

BORA ENTENDER...

Tradicionalmente as longarinas das pranchas de surf são feitas de Madeira e as mais utilizadas são Caixeta e em alguns casos até mesmo maderite, e quando vemos uma prancha quebrada a primeira reação é achar que o bloco é ruim ou a laminação está frágil. 
 
A madeira tem flexibilidade, porém, não mais do que o bloco de EPS ou poliuretano. Desta forma, quando uma situação faz com que a prancha flexione muito e a madeira atinge seu máximo de flexibilidade, ela trinca e começa a quebrar, consequentemente quebrando o bloco e a estrutura de laminação, sem contar que com o passar do tempo a madeira começa a perder sua flexibilidade e cada vez vai ficando mais dura tirando a flexibilidade da prancha de surf.
 
Nas pranchas sem longarina é possível perceber facilmente que elas conseguem flexionar muito mais por não ter a madeira no meio do bloco consequentemente aguentando muito mais antes de quebrar.

 
kisspng-surfboard-wood-stain-varnish-watercolor-surfboard-5b16e5850825f1.52086959152822720

GALERA QUE USA E APROVA!

IMG-20161022-WA0014.jpg
IMG_20161223_174757_149.jpg
IMG-20180313-WA0010.jpg
IMG-20180119-WA0000.jpg
IMG-20180506-WA0000.jpg
FB_IMG_1506466893501.jpg
wrap.png

Porque eu preciso que minha próxima prancha,
com bloco CARBONTEC, seja
KosBlanks...

 

A inovação está aí em todos setores, e o setor de surf também está se desenvolvendo muito. 

Essa é a missão da KOS, trazer possibilidades para que seu surf evolua e para que o acesso aos produtos esteja cada vez mais presente na vida dos surfistas
 
A longarina de fibra de carbono é muito flexível e a impulsão na manobra é muito maior. O Surfista se adapta rapidamente a sensibilidade e projeção da prancha, tanto num mar pequeno quanto num mais casca.

Sua prancha não vai quebrar com facilidade, vai durar mais e você vai sentir a evolução e no desenvolvimento das manobras.
bottom of page